Autores
Nuno Júdice
Nasceu na Mexilhoeira Grande, em 1949. Formou‑se em Filologia Românica pela Universidade Clássica de Lisboa. É professor na Universidade Nova de Lisboa. Foi conselheiro cultural e director do Instituto Camões em Paris. Poeta, ficcionista e ensaísta, recebeu em 2013 o Prémio Reina Sofia de Poesia Ibero‑Americana. Dirige a revista «Colóquio‑Letras», da Fundação Calouste Gulbenkian.
Nuno Júdice participa na GRANTA 6 com «Uma história de amor».

«Excelentíssimo Senhor Inspector,
Aos dezoito dias de Maio de 2008, pelas vinte e três e quarenta, quando encostei o carro‑patrulha ao topo do Jardim do Campo Grande, onde outrora se ergueu uma bela estátua do Presidente Carmona, e saí para satisfazer uma necessidade física junto ao pedestal de uma das novas estátuas de reis da nossa primeira Dinastia que lá puseram, ouvi um ruído estranho que vinha de dentro de umas moitas, no relvado. O lugar é ermo, e como há muito as plantas e a relva não são tratadas podemos sentir‑nos quase num desses subúrbios pouco ou nada policiados, onde tudo é possível à noite.»
© 2013-2017 GRANTA
powered by Miguel Figueiredo