Autores
José Riço Direitinho
Nasceu em Lisboa, em 1965. É licenciado em Agronomia. Publicou dois romances — «Breviário das Más Inclinações» e «O Relógio do Cárcere» — e três livros de contos — «A Casa do Fim», «Histórias com Cidades» e «Um Sorriso Inesperado». Está traduzido em várias línguas. Escreveu em vários jornais e revistas. Actualmente, colabora com o Ípsilon (suplemento do «Público») e com a revista LER.
José Riço Direitinho participa na GRANTA 6 com «Daqui em diante só há ursos polares».

«Espero que o Olivier Rolin chegue dentro de três horas (vai ser para ele uma triste surpresa encontrar‑me aqui, vou vê‑lo franzir aquela fronha de "velho pelicano", como ele próprio se descreveu ao espelho). Não nos encontrámos em Baku há quase seis anos. Mas desta vez ele chegará, tenho a certeza. Julga que vem, porque assim lhe foi dito, para mais um dos seus estranhos encontros com o pouco recomendável e viscoso coronel russo Grigor Iliouchinsk, antigo campeão de boxe no Exército Vermelho e a quem uma bala trazida por um vento de areia arrancou a orelha direita nas montanhas afegãs.»
© 2013-2017 GRANTA
powered by Miguel Figueiredo