Autores
Siri Hustvedt
Nasceu no Minnesota, em 1955. É autora de vários livros, traduzidos em dezenas de línguas. Em Portugal estão disponíveis, entre outros, «De Olhos Vendados», «Elegia Para Um Americano» e «Verão Sem Homens». Acaba de publicar um novo romance, «The Blazing World». Vive em Nova Iorque.
Siri Hustvedt participa na GRANTA 3 com «O meu pai, eu mesma».

«Identidades, identificações e desejos não são discerníveis entre si. Tornamo‑nos naquilo que somos por meio dos outros, e o nosso eu é poroso, não uma caixa selada. Se é verdade que começa como um mapa genético, trata‑se de um mapa genético que se revela ao longo do tempo e somente em relação com o mundo. Os americanos agarram‑se desesperadamente aos seus mitos de autocriação, ao individualismo implacável, hoje mais assente na economia de mercado do que no pioneirismo, à auto‑ajuda, essa bizarra deturpação do faça‑você‑mesmo que transforma o ser humano num objecto que pode ser consertado com uma caixa de ferramentas e um manual de instruções. Não somos autores de nós mesmos, o que é diferente de dizer que não somos agentes ou que não temos responsabilidades — quer apenas dizer que tornarmo‑nos no que somos não escapa à relação.»
© 2013-2017 GRANTA
powered by Miguel Figueiredo