Autores
Paul Theroux
Nasceu no Massachusetts, em 1941. Autor de vários romances, distinguiu-se na literatura de viagens, nomeadamente com «O Grande Bazar Ferroviário». Os seus livros estão traduzidos em inúmeras línguas. Em português, encontram-se, por exemplo, «O Velho Expresso da Patagónia», «Viagem por África» ou «Comboio-Fantasma Para o Oriente». «Picture Palace» recebeu o Whitbread Prize e «Riding the Iron Rooster» recebeu o Thomas Cook Travel Book Award. «A Costa do Mosquito» foi distinguido com o James Tait Black Memorial Prize.
Paul Theroux participa na GRANTA 3 com «Na Villa Moro».

«Era um rapaz de vinte e um anos no Verão tórrido de 1962, quando dei por mim na Sicília, diante do portão da Villa Moro. Naquele tempo, viajava com uma única muda de roupa. Vestia um casaco de linho riscado por cima de uma T‑shirt, mais um par de calças de ganga. A minha mala era tão pequena que eu não parecia um viajante, antes um colegial acabado de sair da escola, levando os seus compêndios e papéis. Além disso, trazia comigo um pequeno bloco de desenho, o que me permitia parar sempre que me apetecia e fazer um rápido esboço a lápis do panorama. Com tão escassa bagagem, era‑me fácil encetar explorações e tomar decisões repentinas: ficar, partir, matar o tempo na praia, pedir boleia ou dormir em terceira classe no comboio nocturno para poupar dinheiro. Normalmente, só ao cair da noite decidia onde dormir, e naquele momento, em Taormina, a manhã ainda mal ia a meio. É claro que não me podia dar ao luxo de ficar na Villa Moro.»
© 2013-2017 GRANTA
powered by Miguel Figueiredo