Autores
Ryszard Kapuscinski
Nasceu na Polónia, em 1932. Foi um dos mais importantes jornalistas do século XX, e trabalhou como repórter e correspondente em cerca de 50 países. Testemunhou 27 revoluções, esteve em 12 frentes de guerra e foi condenado à morte quatro vezes. O seu primeiro livro, «Busz po polsku» («O Arbusto Polaco») foi publicado em 1962, e desde então escreveu mais de 20 obras, entre as quais «O Imperador», «Andanças com Heródoto» e «Os Cínicos Não Servem para Este Ofício». Escreveu para dez números da Granta. Morreu em 2007.
Livros publicados
na tinta-da-china
Ryszard Kapuscinski participa na GRANTA 1 com «Esboço para um livro».

«Estávamos sentados numa sala, certa tarde, quando Kambi entrou. Vinha com uma expressão que espero nunca mais voltar a ver.
— Patrice Lumumba — disse ele, de forma seca — está morto.
Pensei que o tecto desabava, senti que iríamos cair do alto de um segundo andar. Olhei para Kambi. Não estava a chorar, não estava a brandir o punho, não estava a imprecar. Estava ali, de pé, desamparado. Esta é uma imagem comum aqui: ver alguém de pé, desamparado. És ministro e não sabes o que fazer. O teu partido foi aniquilado e não sabes como recompô­‑lo. Esperas ajuda e a ajuda não vem.»
© 2013-2017 GRANTA
powered by Miguel Figueiredo