Inicio\GRANTA PortugalTinta da China\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: R$0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER

Causas da decadência dos povos peninsulares

Antero de Quental
  • R$65.00
Ensaio literário sobre as três grandes causas do declínio das civilizações ibéricas — Contra-Reforma, Absolutismo e Descobrimentos —, da autoria de um dos maiores intelectuais portugueses de sempre. Inconformado e inquisitivo, Antero de Quental abalou profundamente os alicerces do Portugal de novecentos. A modernidade de sua poesia e prosa se tornou uma referência para a grande literatura em português.

"Costuma apontar-se o Eça de Queiroz como o modernizador da prosa portuguesa. Basta porém a carta Bom senso e bom gosto [da autoria de Antero] para se provar que, se houve reforma da prosa portuguesa, ela já estava presente no famoso escrito de Antero."
—Manuel Bandeira

"Li Quental. Ótimo. Diz ele que a liberdade não é uma palavra vã; ela é possível e realiza-se na santidade."
—Liev Tolstói

"Portugal poético, como nação independente, adormeceu com Gil Vicente e metade de Camões, e só despertou com Antero."
—Fernando Pessoa

"Ninguém jamais possuiu um verbo de tanta solidez, harmonia, finura e brilho."
—Eça de Queiroz
  • MAIO DE 2016   |   
  • 136 PÁGINAS   |   
  • CAPA DURA   |   
  • 20.5x14 CM   |   
  • ISBN: 9788565500197
  •    |   PREF. EDUARDO LOURENÇO
  • Estes também podem lhe interessar: