Tinta da China BrasilGRANTA Portugal
pvp online: 18.08 euros [comprar]
Entrevistas da Paris Review
AAVV
«Sem a "Paris Review", teríamos as mesmas obras de Faulkner, Hemingway ou Borges - para citar apenas três dos dez autores que estão neste livro - mas não teríamos a mesma imagem que temos hoje de alguns dos escritores decisivos para a arte literária do século XX.», Carlos Vaz Marques
Prémio Melhor Capa de Não-Ficção 2010 (revista «Ler» / Booktailors)
[ comprar ]
«Sempre considerei agradável escrever e não entendo o que as pessoas querem dizer ao falar de "dores de criação".»
E.M. Forster

«O melodrama é um dos meus instrumentos de trabalho e permite-me obter efeitos que não conseguiria de outra forma; por outro lado, eu não sou deliberadamente melodramático; não se aborreçam demasiado comigo se vos disser que escrevo da forma como escrevo por ser aquilo que sou.»
Graham Greene

«Se eu não tivesse existido, alguém me teria escrito, a mim, a Hemingway, a Dostoiévski, a todos nós.»
William Faulkner

«Sou um escritor completamente horizontal. Não consigo pensar a não ser que esteja deitado, seja na cama ou esticado num sofá e com um cigarro e um café à mão.»
Truman Capote

«Quanto melhor o escritor menos ele falará do que escreveu. (...) Tentar escrever algo com um valor intemporal é uma ocupação a tempo inteiro, mesmo que a tarefa de escrever propriamente dita ocupe apenas alguma poucas horas por dia.»
Ernest Hemingway

«Um artista é apenas alguém desenrolando e escavando áreas normalmente acessíveis a toda a gente, e exibindo-as como uma espécie de espantalho para mostrar aos outros o que cada um pode fazer consigo próprio.», Lawrence Durrell

«As mais extraordinárias descobertas são feitas quando o artista é tomado pelo que tem para dizer. Usa, então, a velha linguagem nessa sua urgência e a velha linguagem é transformada por dentro.», Boris Pasternak

«Não me agrada concordar com a ideia comum de que se se escreve um "best-seller" é porque se traiu um princípio importante ou se vendeu a alma. Bem sei que a opinião sofisticada pensa assim.», Saul Bellow

«Quando eu escrevo, escrevo porque algo tem de ser feito. Não me parece que um escritor se deva intrometer demasiado no seu próprio trabalho. Deve deixar o trabalho escrever-se a si próprio.», Jorge Luis Borges

«Passei toda a minha juventude a escrever muito lentamente, a rever o que escrevia e a refazer tudo e a apagar e portanto escrevia uma frase por dia e a frase não tinha EMOÇÃO. Rai’s partam, é da EMOÇÃO que eu gosto na arte, não é da ASTÚCIA e da dissimulação das emoções.», Jack Kerouac


pvp: 20.09 euros
pvp online: 18.08 euros


tema(s): Entrevistas
Memórias
tradução: Carlos Vaz Marques
ilustração: Vera Tavares
prefácio: Carlos Vaz Marques
1.ª edição: Outubro de 2009
n.º de páginas: 344
tipo de capa: Brochada
formato: 14x21 cm
isbn: 9789896710149
© 2007-2014 Edições Tinta da China
powered by informira.com