Inicio\GRANTA PortugalTinta da China Brasil\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: €0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER

CARTAS DO MEU MAGREBE

Ernesto de Sousa
  • €11.34
  • €16.20
«Apesar de grande, o barco que nos leva de Algeciras a Tânger tem a graça airosa de um pássaro, branco e abstracto. Afasta­‑se de Gibraltar, uma rocha impressionante com o nome de um guerreiro berbere, para procurar as luzes de África. A meio caminho vemos as duas costas. Acreditar­‑se­‑ia com maior evidência na mudança de continente ao atravessar os Pirenéus.», Ernesto de Sousa

Ernesto de Sousa foi um artista de vários domínios, nomeadamente nas artes visuais e no cinema. Foi personagem central da cultura portuguesa. Fizeram parte do seu círculo de relações Almada Negreiros, Alves Redol, Lopes Graça, entre muitos outros. O seu filme «Dom Roberto» (1963), precursor do «cinema novo», foi premiado em Cannes. A caminho da Alemanha para apresentar «Dom Roberto», Ernesto de Sousa fez um longo desvio pelo Magrebe (Marrocos, Argélia, Tunísia), de onde se corresponderia com o «Jornal de Notícias». Os textos que escreveu mostram uma região muito para além dos tumultos políticos da conquista das independências. Mostram um escritor que nos cativa, procurando caminhos para entender a humanidade, para estabelecer laços com os outros.

«O Zé Ernesto tomou a decisão de partir à aventura para o Norte de África para fazer reportagem. Essa viagem foi um impulso e um grande entusiasmo, que com ele partilhei. Baseava-se sobretudo na descoberta pessoal da importância da cultura do Norte de África na nossa própria cultura e na solidariedade com o movimento de independência da Argélia. Estávamos no princípio dos anos 60.», Isabel do Carmo
  • JULHO DE 2011   |   
  • 144 PÁGINAS   |   
  • CAPA DURA   |   
  • 20x14.5 CM   |   
  • ISBN: 978­-989-671-091-0
  •    |   PREF. Isabel do Carmo
  • Estes livros também podem interessar-lhe: