Inicio\GRANTA PortugalTinta da China Brasil\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: €0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER

1759: PORTUGAL, UMA RETROSPECTIVA (vol. 10)

Rui Tavares (coord.)
  • €7.50
1759: A EXECUÇÃO DOS TÁVORAS, A EXPULSÃO DOS JESUÍTAS E A CONSTRUÇÃO DO ESTADO MODERNO PORTUGUÊS
AUTORES: RUI TAVARES e CATARINA MADEIRA SANTOS

O ano de 1759 começou com a construção em Belém de uma estranha estrutura em madeira: o cadafalso onde seriam executados os Távoras, uma das mais importantes famílias nobres do reino, os seus criados e os do seu aliado, o duque de Aveiro. Entre os que assistiam à execução estava o rei Dom José, que tinha sido alvo de um atentado no mês de Setembro do ano anterior. A autoria moral do atentado tinha sido atribuída aos Távoras por uma junta da inconfidência, que terminara o seu julgamento na véspera da execução. Estava também presente um homem que ainda não era conhecido pelo nome com que passaria à história: Sebastião José de Carvalho e Melo, futuro conde de Oeiras e sobretudo futuro marquês de Pombal. Neste volume, faz‑se uma rápida regressão de memória para entender como chegaram ao cadafalso aquelas pessoas, num reino ainda abalado pela destruição da sua capital no Grande Terramoto de 1755. Esboça‑se o que seria «uma história global de Pombal», que nos leva a Goa e a Angola, a Londres e a Viena, e às fronteiras da América Portuguesa tanto no Brasil como no Estado do Grão-Pará e Maranhão. Trata‑se de uma volta de 360 graus pelo ano que definiu aquilo a que depois se chamou pombalismo, e que tão decisivo seria para a construção de Portugal enquanto Estado parceiro das «nações polidas e civilizadas da Europa».

Apoio: Fundação Francisco Manuel dos Santos
  • AGOSTO DE 2019   |   
  • 112 PÁGINAS   |   
  • 22.5x17.5 CM   |   
  • ISBN: 5602227309529‑00010
  • Estes livros também podem interessar-lhe: