Inicio\GRANTA PortugalTinta da China Brasil\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: €0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER
AUTORES
Eça de Queirós nasceu na Póvoa de Varzim, em 1845. Estudou em Coimbra entre 1861 e 1866, formando-se em Direito. Depois de terminar o curso, começa a trabalhar como advogado em Lisboa. Abandona a carreira jurídica para fundar o jornal oposicionista O Distrito de Évora (1867), que redige praticamente sozinho durante sete meses. Apesar de não ter tomado partido na Questão Coimbrã, participa nas...

ler mais
Edgar Allan Poe (1809-1849) foi escritor, poeta, romancista, crítico literário e editor. Merece, na literatura, o estatuto de precursor a vários títulos, desde a teorização do género conto ao desbravamento do fantástico psicológico, passando pela invenção do policial e da ficção científica. Na poesia, inspirou o simbolismo e o poema em prosa. Em termos de teoria da literatura, foi defensor de uma...

ler mais
Eduardo Marçal Grilo nasceu em 1942 e doutorou-se em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa em 1973. Foi Especialista do Laboratório Nacional de Engenharia Civil em 1971; Director-Geral do Ensino Superior de 1976 a 1980; Coordenador-Geral dos Projectos do Banco Mundial no Ministério da Educação entre 1980 e 1985; Assessor e Director do Serviço para a...

ler mais
Eduardo Pitta nasceu em 1949. É poeta, escritor, ensaísta e crítico. Poemas seus estão traduzidos em inglês, francês, castelhano e italiano. Tem poemas, contos e ensaios publicados em revistas de Portugal, Brasil, Espanha, França, Itália, Colômbia, Inglaterra e Estados Unidos. Entre 1974 e 2011 publicou dez livros de poesia, cinco volumes de ensaio e crítica, uma trilogia de contos, um romance e...

ler mais
Elleke Boehmer (1961) é romancista, crítica literária e professora de Literatura Anglófona na Universidade de Oxford. Figura pioneira nos estudos coloniais e pós-coloniais, obteve reconhecimento internacional através da sua obra publicada: «Colonial and Postcolonial Literature: Migrant Metaphors» (1995), «Empire, the National and the Postcolonial» (2002), «Stories of Women: Gender and Narrative in...

ler mais
É conservadora e curadora para a área da Fotografia e Multimédia no Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, em Lisboa, ocupando-se também da produção de inúmeras exposições. É mestre em História da Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É investigadora de História da Fotografia, tendo publicado a obra «João Martins – Imagens de Um Tempo...

ler mais
Enric González nasceu em Barcelona, em 1959. Começou a sua carreira no jornalismo aos 17 anos, escrevendo para três periódicos catalães antes de, na década de 1980, ingressar no «El País». Foi correspondente deste jornal em Londres, Paris, Nova Iorque, Washington e Roma. Cobriu a Guerra do Golfo, o genocídio do Ruanda e os ensaios nucleares no Atol da Moruroa, entre vários outros grandes...

ler mais
Ernesto Che Guevara, um dos ícones do século XX, nasceu em Rosario, Argentina, a 14 de Junho de 1928. Ainda jovem estudante de medicina e depois novamente, quando concluiu o curso, percorreu a América Latina. Viajou até ao México e conheceu Fidel Castro, convertendo-se de imediato num dos expedicionários que embarcariam com destino a Cuba. Nos dois anos em que durou a guerra em Cuba, tornou-se num...

ler mais
Ernesto de Sousa nasceu em Lisboa em 1921. Com formação universitária em Ciências, dedicou-se desde muito jovem à fotografia, actividade de que decorreria, mais tarde, o interesse pelo cinema, pela televisão e pela video art. Da crítica e da historiografia ao cinema, da fotografia à intervenção mixed-media, Ernesto de Sousa assumiu definitivamente nos anos 70 um percurso de artista, de agitador e...

ler mais
Ernesto Schoo nasceu em Buenos Aires em 1925 e foi jornalista desde 1948, tendo-se especializado em cultura, artes e espectáculos. Colaborou com os principais jornais e revistas da Argentina — por vezes, dirigindo os suplementos culturais. Em 1988, foi bolseiro da Fundação Guggenheim. Exerceu funções como director artístico do Teatro San Martín, em Buenos Aires (1996-1998), e foi membro da...

ler mais
E.H. Gombrich nasceu em Viena, em 1909, e morreu em 2001, em Londres. Autor do clássico internacional «A História da Arte» e de outros «bestsellers», foi talvez o historiador de arte mais conhecido do seu tempo. Em 1936, foi trabalhar para Londres a convite do Instituto Warburg, de que mais tarde se tornou director. Também trabalhou para a BBC e foi professor de História da Tradição Clássica na...

ler mais