Inicio\GRANTA PortugalTinta da China Brasil\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: €0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER
AUTOR

António Reis

António Reis nasceu em 1927, em Valadares, Vila Nova de Gaia. Fez estudos secundários no Porto e trabalhou como empregado de escritório, colaborando também na imprensa. Publicou alguns livros de poesia, mas eliminou-os quase todos da sua bibliografia, com excepção de Poemas Quotidianos (1957) e Novos Poemas Quotidianos (1960), editados sob a égide da revista Notícias do Bloqueio. Em 1967, um volume da Portugália recuperou essas duas colectâneas, revistas e aumentadas, acrescentando-lhes um substancial estudo de Eduardo Prado Coelho. Etnólogo e artista autodidacta, membro activo do Cineclube do Porto, Reis foi assistente de realização de Manoel de Oliveira (Acto da Primavera, 1962) e escreveu diálogos para Paulo Rocha (Mudar de Vida, 1966). Dirigiu ficções, etno-ficções e documentários poéticos bem recebidos no circuito dos festivais europeus: a curta-metragem Jaime (1974) e, em parceria com a mulher, Margarida Cordeiro, as longas Trás-os-Montes (1976), Ana (1982) e Rosa de Areia (1989). Professor na Escola Superior de Teatro e Cinema, António Reis influenciou decisivamente a geração de Pedro Costa, Joaquim Sapinho e João Pedro Rodrigues. Faleceu em Lisboa, em 1991.
Livros deste autor
Livros deste autor: