Inicio\GRANTA PortugalTinta da China Brasil\
ENTRAR
ITENS: 0
TOTAL: €0
[CESTO VAZIO]
subscrever NEWSLETTER
AUTOR

Stuart Carvalhais

José Herculano Stuart Torrie d’Almeida Carvalhais nasceu em Vila Real a 7 de Março de 1887 e morreu a 2 de Março de 1961. O seu pai foi correspondente em Vila Real de um jornal humorístico e de caricaturas intitulado «O Dragão», publicado no Porto, cujo primeiro número saiu em 1887. Após vários anos em Espanha, regressou a Portugal em 1891. Como ilustrador, Stuart começou por participar em mostras colectivas, como as primeiras dos Humoristas em Lisboa, a Exposição dos Humoristas Portugueses e Espanhóis (1920) e a Exposição de Artes Plásticas (1935).
Em 1914, colaborou no jornal satírico monárquico «O Papagaio Real». Em 1915, iniciava as célebres «Aventuras do Quim e do Manecas» no suplemento humorístico de «O Século». Na década de 20 do século XX ganhou grande popularidade pelos seus trabalhos no «Diário de Lisboa» e em «A Batalha». Em 1922, desenhava para o «ABCzinho». Colaborou ainda nas publicações «A Corja», «Espectro», «O Século Cómico», «O Riso da Vitória», «A Choldra» e «Diário de Notícias», assim como nas revistas «Ilustração» e «Sempre Fixe». Como artista gráfico, somava encomendas: da ementa do Bristol Club, aos conjuntos de postais ilustrados realizados para a exposição de 1925 dos Mercados, ou à concepção da publicidade da Sassetti. Cenógrafo e figurinista do Teatro Nacional e do Politeama, desenvolveu actividade no cinema (em 1916, trabalhou na adaptação a filme das «Aventuras do Quim e do Manecas»), ingressando também na realização («O Condenado», com Mário Huguin) e desdobrou-se como actor, decorador, cenógrafo e gráfico.
Livros deste autor
Livros deste autor: